terça-feira, 2 de setembro de 2008

Aversão

Olha lá nas fotos dos seus amigos do orkut. OLHA LÁ, PORRA!!!

Meu texto parte desta frase acima. Quantos amigos de verdade tem por lá? Poucos? Muitos? Pouco importa! Mas o que importa é o seguinte: as pessoas que estão ali, assim como você as descobriu no orkut, pode ser que você as descubra na vida real, ou numa conversa por scraps, ou pelo msn.

Aí que pega! Você conhece gente legal e gente porca, ou gente que parece legal e fica porca. Conhecer uma pessoa é uma arte! É arte porque você sempre se surpreende, e as surpresas podem te levar a aversão.

O humano sempre renega a si mesmo ou aos outros em algum ponto da vida, a aversão do título surge quando você está surpreso com alguma atitude, sua, ou dos outros. Sinto verdadeira aversão por covardes, apesar de as vezes, me sentir um. E#stou sempre brigando com alguém por sua falta de caráter, ou por acompanhar uma pessoa que não tem caráter. Pra quê?

Ouço histórias de pessoas que se traem, sem motivo aparente... pra quê? O que ganham?
Pessoas vulgares e inconsequentes.

Posso estar desviando do assunto por um momento, mas no meio do próximo parágrafo tem algo que é meio exemplo.

Sempre odiei os pedófilos, são pessoas nojentas, sem qualquer tipo de caráter. E certa vez assisti um filme com o Kevin Bacon, chamado O Lenhador. O filme é forte, e aborta a parte triste e doentia de um indivíduo que é´um pedófilo tentando retornar à sociedade, após anos preso.
O filme é triste, pois nele vemos o quanto a pessoa com esse tipo de distúrbio sofre. Ele é perseguido, humilhado, tratado como um animal, e chega a ser "tentado", mas sempre buscando sua redenção.
Não é o caso do policial que apareceu recentemente na tv, que tinha fotos de crianças nuas no seu computador. também não é o caso do americano que também tinha fotos de crianças nuas no computador, mas que não as distribuia. O brasileiro, sei lá o que virou dele, mas me lembro, que pelas conversas que foram apresentadas no jornal,não parecia alguém doente, louco. Parecia um canastrão, um sem vergonha promíscuo, e acho que é isso que ele realmente é! Já o americano, que tinha lá suas fotos, que (aparentemente), só batia umas vendo as crianças no computador, foi condenado a mais de 50 anos de cadeia, se não pegou perpétua. não me parecia o canastrão, nem o doente. Talvez fosse o doente, mas seu distúrbio talvez fosse mais controlado.

Quem surpreende mais? Quem dá mais aversão?

Essa aversão é aquele sentimento de desprezo por gente burra, que quer discutir sem grandes argumentos. É a patricinha fútil, o alienado que prega que a culpa sempre é dos ricos e que o pobre não tem vez. Coisas assim...

2 comentários:

   "...é impossivel viver só sorrindo..."    disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
   "...é impossivel viver só sorrindo..."    disse...

Realmente, conhecer as pessoas eh uma arte.. o ser humano eh uma incógnita..